Categoria: Camões

Roteiro para uma Crónica Impura

O Rei está morto, mas o Poeta não.
Hoje, esta figura lusófona serve de casa de acolhimento a todos aqueles que, com um propósito, servem a causa da nação.
Curiosamente, o Poeta terá encontrado, na reabilitação das crónicas, uma forma de continuar, na atualidade, a afirmar a sua portugalidade mercantilista em terras que há muito não lhe pertence.

Read More

Sobe, sobe, Balão Sobe…

  “Eu vivo a sonhar, não pensem mal de mim Quanto mais não vale viver a vida assim Nas asas de um sonho é bom andar sem norte não preciso vistos, nem uso passaporte”

Read More

Sobe, Sobe Balão, Sobe

“Eu vivo a sonhar, não pensem mal de mim Quanto mais não vale viver a vida assim Nas asas de um sonho é bom andar sem norte não preciso vistos, nem uso passaporte” Mais um Conto da Macaronésia. Estreia dia 8 de outubro.

Read More

Chegou o tempo Deles!

Quando as estrelas estão prestes a desaparecer, naqueles instantes finais da sua brilhante existência, dá-se uma enorme e resplandecente explosão, precedida por uma escuridão total que suga tudo que brilha em seu redor, transformando-se num buraco negro. Esta poderia ser uma excelente caracterização do percurso de vida da maioria das figuras públicas da nossa sociedade. […]

Read More

Pobres, Povos Irmãos

Já todos percebemos que Eles se vestem de azul e cinzento. Já ninguém tem dúvidas das suas reais intenções.  Expressões  como “territórios espirituais”, “povos irmãos”, “pátria de carácter universal”, “exaltação do povo e de Portugal”, e tantas outras súbtis formas de expressão verbal proferidas pelo Presidente da República Portuguesa nos órgãos de comunicação social, não […]

Read More

Quem manda no Monte Cara?

Choro a noite longa  de cadáveres se arrastando a fingir de vivos enchendo de pasmo os astros Ovídio Martins  “Noite Longa”  

Read More