Retorno

Quando as sombras voltam a ser gente, logo, logo, as ruas enchem-se de gente e quase tudo converge para o cais. Mar D’Canal parte às 16 horas de volta para Mindelo. Última ligação neste dia.

Voltam as Hiaces repletas de turistas de pés cansados, tez queimada, semblante curvado de muito caminhar.

Enche-se a rua de rabidantes de apregoar meigo – “queijo d’terra, tomates, maças miúdas, inhames, e mel de cana…”

Sussurro

Aproximo-me o mais que posso da entrada. Ouvem-se lá dentro vozes e risos. Cá fora, o ranger da madeira, fruto das altas temperaturas da tarde. Apresso-me a sair dali. Não fui convidado.