Arquivo da Categoria: Cabo Verde

O início de um novo projeto…

O início de um projeto de ilustração é sempre (para mim) um processo longo de sistematização. O mapas mentais são fundamentais para mim, não só para distribuir os fluxos narrativos, que geralmente divido em quatro (Introdução, Desenvolvimento, Clímax e desfecho) como também para perceber o “todo” da história que pretendo ilustrar.
Curiosamente, nesta fase não toco nos meus lápis de desenho. 😉

#processo #desenho #ilustração #omaisforte #contoinfantil #santoantão#CaboVerde

Tempos de emoção

Obrigado a todos os meninos e meninas que guiaram a minha mão e os meus lápis.
Obrigado por revelarem os seus rostos, os seus medos, convicções e os seus segredos… por abrirem os seus corações e revelarem a sua “alma”. Vocês são a minha mais terna inspiração.
Grato Abraão Vicente pelo privilégio de ilustrar as tuas inspiradas e genuínas palavras.
Afinal, todos temos alma de criança.

 

O escritor – Abraão Vicente

Recriação da cena do lanche. Nha Bichencha e a criançada. Adorei este momento!!

E assim foi a apresentação da “Feiticeira de Fonte Lima” na Cidade da Praia.

Biblioteca Nacional repleta de crianças…

 

 

A Feiticeira de Fonte Lima – Apresentação oficial

Para todos aqueles que acompanharam ao longo destes meses as inúmeras ilustrações que fui desenvolvendo, é tempo de ver o projeto acabado.
Estão todos convidados!

Lançamento do “A Feiticeira de Fonte Lima”, de Abraão Vicente, com ilustrações de Pedro Brito.

Dia 15 de Maio, às 18.30 horas, no Restaurante, Piso 7, do El Corte Inglés de Lisboa.

Sinopse

Quando a chuva resolve finalmente cair do céu, a meninada de Fonte Lima corre feliz pela aldeia. Entre pulos e risos, encontram a casa da Feiticeira, de quem os pais contam histórias de assustar. Mas hoje é dia de vencer os medos e descobrir que os limites também são para ultrapassar.
Junta-te à Maria, ao Bruno, ao Baluka, à Ivone, à Analina e ao Chico na descoberta do lugar de Nha Bichencha, a Feiticeira que tem muito para lhes ensinar.

Consciência de Ilhéu

Neste domingo calmo de encontros e desencontros, destaco a reflexão de Vitorino Nemésio acerca do seu “conceito de Açorianidade”:

(…)Uma espécie de embriaguez do isolamento impregna a alma e os actos de todo o ilhéu, estrutura-lhe o espírito e procura uma fórmula quási religiosa de convívio com quem não teve a fortuna de nascer, como o logos, na água (…)

Sempre me fascinou esta sua “consciência de ilhéu”, que pouco a pouco vou descobrindo(ou não) nas gentes e lugares de Santiago.

 

O poder da partilha

Foi uma honra para mim estas 4 horas de intensa partilha. Obrigado a todos os participantes. Até Já.
Storia na Lugar espaço mágico este…

Um agradecimento muito especial ao realizador César Schofield Cardosopela realização em tempo recorde deste vídeo que tão bem sintetiza o momento.

Coragi Fitchado!

 

Workshop Ilustração

Workshop "Ilustração, do Analógico ao Digital". Um bom momento de partilha de informação no nosso espaço [ p a r e n t i s i s ] com Pedro Brito. Fiquem atentos nas próximas atividades.

Publicado por Storia na Lugar em Segunda-feira, 6 de Março de 2017